Notícias

Mais de 70 mil pessoas visitaram os estandes da 8ª Feira do Livro

01/09/2014

Acorda Cidade

A importância da realização de um evento público, gratuito e num espaço aberto foi citado por visitantes de todas as idades e segmentos sociais presentes na Praça João Barbosa de Carvalho, a Praça do Fórum, local de realização da 8ª Feira do Livro – Festival Literário e Cultura de Feira de Santana, de terça-feira até domingo (22 a 27 de setembro). O evento, conforme citou o professor de ensino médio Rosevaldo Assis Pereira, supera a condição de local de comercialização de livros e se coloca como incentivador da convivência, da leitura e da difusão da cultura.

Mais de 70 mil pessoas visitaram os estandes da 8ª Feira do Livro, superando a expectativa dos organizadores. O professor Márcio, pró-reitor de Extensão da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), entidade parceira na organização do evento, afirmou que as dificuldades de recursos para a realização da Feira 8ª Feira do Livro foram vencidas pelo empenho de todos os envolvidos, como funcionários da Universidade e do Serviço Social do Comércio (Sesc).

A relevância da distribuição de mais de R$ 270 mil em vales-livros para professores e estudantes secundaristas, cedidos pelo Governo do Estado da Bahia e Prefeitura de Feira de Santana, foi citada pela professora Anna Cristina Gonçalves, coordenadora de Extensão da Uefs e da Feira do Livro. Conforme disse, professores dos ensinos fundamental e médio têm relatado retorno por parte dos alunos, que são incentivados à leitura em sala de aula, inclusive com atividades que envolvem obras adquiridas na Feira através dos vales.

Envolvida com aparelhos eletrônicos como praticamente todos os jovens da sua idade, a estudante Tainá Ferreira Gomes, de 14 anos, disse que vai aproveitar a oportunidade da compra de livros com o vale para exercitar a leitura. “Comprei um romance e o meu pai ainda me deu um cordel. Ele disse que vou gostar desse tipo de literatura”, afirmou.